domingo, 19 de agosto de 2012

TIRANDO ONDA, FAZENDO HORA


MICROCONTOS


Como sabemos, microconto é um conto ameninado (acabo de descobrir a pólvora), embora a teoria literária não o reconheça como neto, filhote que é do conto adulto. No micro, mais importante que mostrar é sugerir, pois cabe ao leitor a tarefa de "preencher" as elipses narrativas a fim de entender a história por trás da história escrita.

Bom, escrito o desnecessário, e como forma de fazer hora para assistir à (   ) do Flamengo, já que o FLU (sacou?), vou tomar uma gela (força de expressão, é claro) e dar  umas arrotadinhas aqui embaixo. Beleza?

 

JULGAMENTO

Sentenças em fatias na bancada do imenso salão. En(gulas) ou se engasguem. Cumpra-se.
Veja mais em http://www.pocilgadeouro.com/2012/08/mensalao-seu-danado.html

TRANSPARÊNCIA
Mascarado atira no espelho quando vítima responde que a grana da internet tá com o Bill Gates.
Veja mais em http://www.pocilgadeouro.com/2012/07/a-transparencia-sob-angulos-diferentes.html

 

OLIMPÍADAS

Foi só abrirem os olhos, e os ouros desapareceram. Voltaram a dormir. Muiiiito!!!

LITERATURA

Na Livraria Empáfia. “Novidade. Temos bombas de inflar, de arrogar e de engordar reis de barriga”. Arre ego! Eu, hein!

PEGADINHA

Ah, te peguei! Calma, gente!

Um abração,
Carneiro