quarta-feira, 29 de maio de 2013

BOLÃO CONFEDANADO

Olá, seus danados,
Com o advento da lei seca brasileira e o... Detesto esse tal de advento, mas deixemos isso pra lá. Aliás, advento, através, multifacetado - e o próprio aliás – são termos apagados do meu vagabundo vocabulário. Com a promulgação da Lei Seca, dizia eu, passei a me concentrar alcoolicamente no boteco da Marluce, porquanto (adoro esse porquanto, gente) o barraco fica defronte da minha casa e a gela é gela mesmo. É só atravessar a rua e pronto. De bafômetro o risco é zero. O perigo é voltar na posição de pegar galinha e ser atropelado.
O botequim da Marluce tem cinco clientes. Eu, o Renato e o Diniz – R e D são genros da Marluce -, o Francisco da Assembleia Legislativa e o Kerginaldo da transportadora. De quando em quando aparece o China educador físico, o fecha-bar.
Certo é que formamos prazerosa confraria. Confraria dos manicacas, pra ser específico. Formamos é força de expressão, porquanto (adoro esse porquanto, pessoal) as eleitoras do simpaticíssimo ambiente julgaram-me incompetente para da confraria fazer parte. Sou simples azoreta penetra. Fazer o quê!
Muito bem. Cheguei sábado ao biombo, o presidente da congregação, o amigo... O... Ah, isso é irrelevante. Então! O presidente, conhecedor de minhas maluqueiras, encerrou uma assembleia extraordinária e me desafiou:
- E aí, cara! A Copa das Confederações começa dia quinze. Invente um bolinho pra gente se divertir.
Disse-lhe que bolava o negócio, mas teríamos que assistir aos jogos em algum barzinho de praia. Triste a hora em que disse tal coisa. O cabra, amigos, deu-me tremendo chutão na canela, com os beiços apontou pra mulher, encolheu-se todinho e emborcou um copo de cerveja. Nossa! Tive pena do miserável. Tive pena, bolei o bolo e combinamos fincar bandeira no boteco da Marluce.
Agora tô enviando o regulamento do danado pra vocês. É bom lembrar que manicaquismo não pega por imeio não, gente. A menos que você esteja querendo, é lógico.

Veja o regulamento do confedanado.

BOLO CONFEDANADO DOIS MIL E TREZE
            Considere, seu danado – ou sinha danada -, a seguinte pontuação e preencha a tabela abaixo com palpites duplos:

1-      Acerto do resultado (vitória ou empate) 10 pontos;
2-      Acerto do número de gols de cada partida: 5 pontos (pontuação cumulativa com o resultado);
3-      Erro do resultado e do número de gols – perda de 2 pontos ( pra deixar de ser burro);
4-      Acerto da seleção campeã 40 pontos (aposta facultativa);
5-      Erro da seleção campeã – perda de 15 pontos.

Outras informações
1-      Adesão: vinte danadinhos. Pagamento até treze de junho. BB, AG. 4847-X, CC 55219-4;
2-      Premiação: 75% pro danadão com a maior pontuação acumulada. 25% pro danadinho com a menor pontuação acumulada;
3-      Se houver mais de um ganhador, o prêmio será rachado entre os danados sortudos;
4-      Informe um imeio para que seja previamente enviado o tabelão com os palpites dos incautos danadinhos e o posterior acompanhamento da pontuação obtida.

 E aí? Vai? Se for, preencha a tabela e a envie para tcarneirosilva@gmail-com, tel. 8800-1610.
Té mais, possível danadão. A galera do exterior também pode participar. Valeu!

Tião Carneiro

NOME DO DANADO:

IMEIO DO DANADO:

INFORME A DANADA CAMPEÃ (aposta facultativa) --

GRUPO A – BRASIL, JAPÃO, MÉXICO, ITÁLIA

GRUPO B – ESPANHA, URUGUAI, TAITI, NIGÉRIA

TABELA DA CONFEDENADA DOIS MIL E TREZE

 Obs. Não esqueça de jogar em duas colunas, seu danado. Não consegui pôr as verticais nas colunas. Mas dá pra entender, não?
Nº do jogo
Data
CONFRONTO/APOSTA
 Col. 1
C.M.
   Col.2
 Gols marcados
Pontos ganhos
Pts Ac.
01
15/06
BRASIL X JAPÃO






02
16/06
MÉXICO X ITÁLIA






03
16/06
ESPANHA X URUGUAI






04
17/06
TAITI X NIGÉRIA






05
19/06
BRASIL X MÉXICO






06
19/06
ITÁLIA X JAPÃO






07
20/06
ESPANHA X TAITI






08
20/06
NIGÉRIA X URUGUAI






09
22/06
JAPÃO X MÉXICO






10
22/06
ITÁLIA X BRASIL






11
23/06
NIGÉRIA X ESPANHA






12
23/06
URUGUAI X TAITI






SEMI 13
26/06
1º do A X 2º do B






SEMI 14
27/06
1º do B X 2º do A






3º L. 15
30/06
Perd. J. 13 X perd. J. 14






Final 16
30/06
Venc. J. 13 X venc. J. 14










quarta-feira, 22 de maio de 2013

DOCE DE LEITE. SEU DANADO


Escutem só. Encontrei um pen-drive antigo e me deparei com a prosa pioneira de minhas besteiradas. Faz uns dez anos que a escrevi. Escrevi, a colega Janice me deu corda e comecei a redigir as babujadas atuais. Dei uma ajeitada na danadinha e vou postar pra vocês.
Em tempo. Não gosto de doce de leite. Mas espero que goste. Do doce e do texto, tá?


DOCE-DE-LEITE, SEU DANADO!

Vocês já devem ter percebido o nível de desorganização pelo qual está passando o nosso país. Acordamos na decadência e vamos dormir no descalabro. Desorganização, decadência e descalabro, sim! Esses três dezinhos, senhores, não convivem conosco por acaso. São descendentes de outro demoníaco “d”. O “d” de doce-de-leite. O doce-de-leite – grafado assim mesmo, com iniciais minúsculas, todo ligadinho, pra ficar mais feio e, a partir deste ponto, chamado de o Tal – mexeu com tudo e com todos da cena brasileira. Sabem como teve início a nossa ruína?
Foi assim, ó!

quarta-feira, 8 de maio de 2013

DESCONTRAÇÃO


MICROCONTOS


“Sério? A Esperança?!” – Mas só desmaiou. Voou por um Estado de depressão e caiu na gorda amarela. Relaxe e aguarde ela abrir as perninhas.

Agora vou parafrasear o contista Monterroso:

Quando acordou a coisa ainda olhava pra ela.

                                               Mais

“A Coisa” - Pus a vírgula mas ela tirou. Disse que era safadeza. Que coisa!

Mais                          

É... É... Ah,