sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

BRINCADEIRA DE PALAVRAS



Resultado de imagem para imagens de ousadia


BRINCADEIRA DE PALAVRAS
Oi, pessoal,
Estava dando uma volta na internet, então me deparei com o texto abaixo, o Ousadia. A autora chama-se Danny, e o texto está no autores.com.br. Não resisti à beleza da prosa, ousei brincar com a desconhecida escritora (de mim, que fique claro) e redigi este Sobrosso. A fim de contextualizar os textos, julguei por bem pôr o meu Sobrosso antes da Ousadia dela.
Espero que gostem, assim como espero o perdão da Danny, posto não ser de seu conhecimento a minha descomunal ousadia.
Resultado de imagem para imagens de ousadia
sobrosso
Sujou de lágrimas os olhos, enervou-se com o torcido laço de fita que lhe enfeava o cabelo, despiu-se de esperançosas cores, escapuliu-lhe do controle a dor, despojou dos lábios o sorriso e gritou bem alto: Ei, medo, eu estou te ouvindo! E assim, ela fugiu das esquinas da vida, acocorou-se em solitários becos, evitou encruzilhadas e finalmente deparou-se com o caminho que a afastava de si mesmo. Sim, ela havia perdido o seu verdadeiro eu!
Fevereiro/16
TC

Ousadia
Limpou dos olhos as lágrimas, ajeitou o laço de fita que lhe enfeitava o cabelo, vestiu-se com as cores da esperança, guardou a sua dor no bolso, colocou um sorriso nos lábios e sussurrou baixinho: Ei medo, eu não te escuto mais! E assim, ela dobrou as esquinas da vida, andou por becos solitários, passou por encruzilhadas e finalmente encontrou o caminho que a levava a si mesmo. Sim, ela havia encontrado o seu verdadeiro eu!
Fevereiro/16

Danny