sábado, 23 de julho de 2016

COMICHÕES DE DEDINHOS SACANAS




Resultado de imagem para imagem de microcontos

Imagem Google


COMICHÕES DE DEDINHOS SACANAS

E aí, pessoal,
Amanheci com os dedos uma comichão só. O jeito foi aliviá-los com esta postagem de microcontos. Curtinha, 11 bichinhas sem futuro.

Microconto, por óbvio, é um conto pixototinho. A ideia é que com o mínimo de palavras – uma linha, está de bom tamanho - seja apresentado um contexto ficcional incomum. Embora o microconto não seja reconhecido como gênero literário específico, fica manifesto que as suas características são diferentes das de um "conto simplesmente pequeno". No microconto o essencial é sugerir. A intenção é convocar o leitor para ser cúmplice do autor, atribuindo-lhe a tarefa de rechear o textinho com a sua vivência. O conto vive mandando o microconto se enxergar, deixar de se amostrar, mas o bicho não toma jeito. Aqui, acolá aparece um metido a lhe fazer afago.
O microconto requer leveza, concisão, precisão, originalidade, impacto, inteligência. Exige, pois, tudo de que não sou capaz. Mas como sou metido...
O microconto é uma prosa beijoqueira, sedutora, carinhosa. Como imaginar tais atributos num caipira das letras? Mas como sou metido...
Agora, não resta dúvida de que "bolar" um microconto é agradável exercício de percepção. Espero de você, leitor, tão afetuosa atividade. Mande-me seu microconto (pelo blogue ou por imeio) que terei a satisfação de publicá-lo.
            Vejam como sou metido:

1)       Nossa! Psiu! Ei, ei, corram, corram...
           
2)      Virou-se, viu aquilo. Ficou com pena. E com uma raiva!
           
3)      Parem com isso. Farei uma paradinha só no Brasil, certo? – Brasil? Mas, Senhor...

            4)  Todos estão caindo, amigo. – E não eram malabaristas?


            5)   Gritava e se sacudia? Um ferro espetando a barriga, queria o quê? - As coisas dela, ué!


            6)   Enfim adormeceu. Mas ele não arredou pé dali.


            7)   Compro a sombra duma mulher madura. Não tem no Google. Requisito: boa em ninar.
           

            8)   Vendo a sombra duma mulher de vez. Vantagem/desvantagem: exigente e linguaruda.


            9)   Faço amor em bisnaga. Alugo-lhes baratinho. Estoque em extinção. É pegar ou largar.


            10)  Entendi. Mas, bom, é. Enfim...

            Obs. Falta só um. Clique no leia mais.

            Ih, peguei você.
            Um beijo se do time dos M, um abracinho, de longe, se do time dos H. Não sou machista, não sou machista e não sou machista.

            Piradão julho de dezesseis,

            TC